News

As formigas como fonte de inspiração

A Fábrica do Futuro é um ecossistema de inovação que promove arte, cultura, educação e tecnologia, que se inspira na sociedade das formigas e deseja surpreender a si mesma.

Pense agora, antes de embarcar nessa loucura – “Porque eu vou ler um texto que fala sobre formigas?”. Você pode não acreditar, mas esses insetos têm muito a nos ensinar. Formigas são capazes de organizar sociedades complexas, nas quais todos os indivíduos trabalham em harmonia. Há uma organização bem definida ao classificá-las em três castas: rainhas, machos e operárias. Da mesma forma, existe uma compreensão absoluta do papel de cada ser que compõe um formigueiro. Existe mais de 10 mil espécies distintas de formigas, o que representa uma diversidade incrível.

Ao mesmo tempo que a espécie possui tamanha variação, as formigas são insetos sociais, pois vivem em comunidades nas quais os indivíduos dependem e protegem uns aos outros. Experimente, com cuidado, destruir um formigueiro e observe o movimento das formigas. Rapidamente, elas organizam-se e voltam a trabalhar em escavações, limpeza, busca por alimentos, defesa, reprodução. Nenhuma diz a outra “faça isso ou faça aquilo”, pois todas sabem o que fazer de forma imediata. Quando essa nova sociedade está bem estabelecida, com um número suficiente de operárias e soldados, a rainha começa a reproduzir ovos dos quais nascerão novos machos e novas rainhas. As formigas são muitas vezes mencionadas como símbolo de parcimônia e de esforço, pois muitas de suas espécies exercem suas atividades de forma incansável.

Ao fazer uma analogia com a sociedade das formigas, pretendemos valorizar os aspectos positivos dessa engrenagem. Por mais estranho que possa parecer, as formigas têm muito a ensinar aos empreendedores, principalmente pela orientação voltada à horizontalidade na condução de processos e pela motivação extrema ao desempenhar as suas atividades. Não estamos te dizendo, com isso, que ao lado do nosso coworking, localizado no térreo da Fábrica do Futuro, você vai encontrar formigueiros, tampouco nossas salas servem como fazendas, mas sim, as formigas nos inspiram. Se fossemos idealizar algo dentro desse oceano de possibilidades que é a Fábrica do Futuro, seria justamente o senso de coletividade, dentro desse ambiente, em que cada organismo tem clareza do seu papel na retroalimentação desse ecossistema, em busca de fenômenos e transformações internas e de macroambiente, que positivamente nos surpreendam.

Pretendemos te dizer com essa comparação que, de certa forma, desejamos ser como as formigas, apenas com uma diferença. Nós trabalhamos muito, mas também sabemos cantar como as cigarras. Nossa voz está aqui, a nossa batida é essa. Os nossos dias passam entre acontecimentos que corroboram com a reflexão filosófica sobre novos modelos sociais, novas economias, um novo mindset, em busca de elementos que somam e se complementam, proporcionando experiências significativas a todos os seres (humanos, animais e robôs) que interagem e vivem dentro dessa história que pretende transformar Porto Alegre em uma cidade reconhecida de forma global pelo fomento à inovação. Ao mesmo tempo, desejamos transformar a nós mesmos em algo que não pretendemos mensurar. Buscamos justamente uma transformação que nos surpreenda e que impacte os 4 mil m² da Fábrica do Futuro, assim como seu entorno, o 4ª Distrito, Porto Alegre e porque não o planeta.

Te convidamos a compor a nossa “sociedade de formigas” com consciência do seu papel dentro desse ambiente disruptivo, onde a experiência pode gerar resultados intangíveis e imensuráveis, inclusive suscetíveis ao erro, porém significativos para a nossa existência e propósito de vida. Somos um ecossistema que reúne e impulsiona iniciativas inovadoras, um lugar onde arte e tecnologia se unem para causar impacto, como um local de encontro de negócios voltados à inovação.

Veja também: